e agora, josé?

por J

eu já ensaiei tantas vezes acabar com esse blog.

foram tantas as vezes que achei ele inadequado. tantas as vezes que eu quis começar algo novo, deixá-lo de lado, e não consigo.

tem hora que eu penso que é pessoal demais. tem hora que eu penso: é, é pessoal demais, foda-se, e aí, isso não era pra ser bom?

e tem hora que eu acho que eu deveria fazer outro. na verdade eu até fiz. mas ficou uma bosta.

tá, não ficou exatamente uma bosta. mas.

não sei se encerrei um ciclo, se aceito que encerrei um ciclo e sigo adiante, escrevendo sobre outras coisas

ou

continuo com meu querido e antigo amigo, que já atravessou quinquênio e tá rescendendo à primeira década de vida. que sempre foi tão maltratado. que talvez mereça uma segunda chance. ou talvez os dois, talvez a gente abra esse relacionamento de vez, uhu, aí eu crio outro, deixo esse.

mano, sei lá.

sei

lá.

Anúncios