Bagunça

por J

Eu sou esse tanto de coisa, esse amontoado.

Eu tento e não consigo parecer uma coisa só. Eu tento e não consigo ser uma coisa só.

Viscerar ou não falar nada. Cinema ou ficar em casa? Já são duas e meia da manhã, de novo, e dormir que é bom nada. Não consigo.

Não durmo.

Aliás, até durmo, mas só quando tá errado. Das 8 às 13. Toda errada.

Mas eu prometo tentar fazer as pazes entre os meus pedaços, prometo.

-É pelo bem do texto…

-É, eu sei, eu sei.

Anúncios