Chuva

por J

Ontem uma senhorinha perguntou se eu estava descendo a rua. Curiosa, eu perguntei o porquê. Ela me disse que queria uma carona em meu guarda-chuva. E eu nem me lembrava que estava chovendo, ou que estava segurando o guarda-chuva, apesar de tudo parecer tão óbvio. E mais ou menos paciente, resolvi chegar um pouco atrasada à aula de artes para que a senhora pudesse avançar com seu passo lentinho. Fui andando em seu passo lentinho. Aí ela resolveu parar nas lojas e olhar coisas, aí eu fiquei meio irritada. Só um pouco. E na terceira loja, ela disse: tudo bem, pode ir.

 

Daí eu concluo que não são só minhas atitudes que dão a entender que eu sou uma imbecil. Deve estar mais explícito, mesmo. Talvez seja a cara.

Anúncios